Os favoritos de Setembro!

favoritossetembro2

Me perdoem por pular os favoritos de Agosto? hihihi! Mas juro que as coisas são basicamente as mesmas. Esse mês tem muita maquiagem, especialmente porque rolou uma preguicinha de variar a minha (ultimamente só tenho mudado o batom!), então esses itens foram mega favoritos mesmo! Eu só peço desculpas de antemão por não ter muitas opcões baratinhas. Como vocês sabem, eu trabalho na Glamour e eu ganho a maioria dessas coisas, mas sei que são coisas mais caras, que muita gente não pode ou não quer gastar esse dinheiro com maquiagem. Então tô pensando num post aqui com meus favoritos baratinhos. Aprovam?

Mas vamos aos favoritos do mês de Setembro, que parece que durou uns três anos, haha!

1. Super Ball de elásticos de cabelo, The Beauty Box (Produtinhos da Beauty)

Parece uma coisa maluca, mas é só um monte de elástico que vem nesse formato de bola! E eu tô numa fase de cabelo preso, tô amando, tô usando todo dia e SEMPRE perco todos os meus elásticos. Esses, além de coloridos, são fáceis de achar, afinal, não dá pra perder tão fácil essa bolota haha.

2. Normaderm Nuit Detox, Vichy

É um creminho noturno que faz um detox enquanto a gente dorme. Quem tem pele oleosa sabe que às vezes a gente acorda e já tá com a pele brilhando, o que é péssimo! Eu gostei bastante e senti minha pele diferente nas manhãs pós-uso. E agora tenho usado em noites que sei vou dormir pouco ou quando bebo ou como mal, pra ajudar a pele a eliminar tudo de ruim, haha.

3. Pincel Double-ended Sculpting Brush #158, Make Up For Ever

Eu adoro esses pincéis novos da Mufe! São lindos e são uma delícia de usar, haha! Eles levaram cinco anos pra desenvolver essa linha, porque a criadora da marca, a Dany Sanz, queria pincéis sintéticos com a mesma qualidade daqueles com cerdas naturais. A preocupação era tanta que cada pincelzinho passou pelas mãos de 30 artesãos! Esse é meu preferido de todos porque de um lado tem um pincel ótimo pra blush e do outro um ótimo pra contorno (que eu tô amando fazer, vou contar já já).

4. Bepantol Derma, Bayer

Eu amo amo amo bepantol pra usar antes de dormir e adorei essa versão compacta e menos melequenta. Já aplico direto nos lábios e voilà!  Só acho que R$ 19 por esse tubinho é meio exagero, já que a bisnaga grandona custa no máximo uns R$ 12, mas isso é mercado, né, tudo o que facilita acaba sendo mais caro :(

5. Superprimer Face Primer – Colour Corrects Redness, Clinique

A Clinique lançou esses “superprimers” faz pouco tempo, e cada um tem uma função diferente (tem também o ‘basiquete’ que faz um pouco de tudo). Meu preferido é esse amarelinho porque ele dá uma amenizada no vermelho do rosto, que eu tenho bastante. Gosto de usá-lo especialmente quando não quero usar maquiagem (dias cada vez mais frequentes, vale dizer), porque sendo beeem sincera, eu tenho preguiça de passar primer toda vez que vou usar base, haha! Então amo ele pra esses dias que tô com preguiça inclusive da base ;P

6. Lash Domination, BareMinerals

O que é essa máscara, gente?! Ela é paixão a primeira passada, juro! Um dia a Beca estava em casa e experimentou e se apaixonou também, até perguntou se era mais velha, porque dá aquele feito dos rímeis mais velhinhos (que a gente sempre ama mais!), mas era nova. E a fórmula tem ingredientes que fazem bem pros cílios, tipo minerais e quinoa, pra fortalecer. Entrou pra minha lista de máscaras preferidas da vida!

7. Iluminador Mary-Lou Manizer, The Balm

Tinha vontade de ter esse iluminador desde que comecei a ver os vídeos da Essie Button, que sempre teceu mil elogios a esse produto. E com razão! Eu ganhei da Fêzinha, a maquiadora da The Balm, e desde então eu só quero passar ele, nenhum outro iluminador! Ele não é discreto, mas também não é puro glitter na sua cara. Fica ali num meio termo lindíssimo, que uso até de sombra às vezes! Se eu puder recomendar uma coisa dessa lista todaaaa, seria ele!

8. Pó Bronzeador Terracotta 4 Seasons, Guerlain

Então, tô nessas de usar bronzer, uma coisa que nunca tinha usado, haha! Não sei se é o cabelo ruivo, se eu tô mais branca ainda (rs), só sei que tô amando e uso quase todo dia. Esse é um dos meus preferidos, mas já estou preparando um post mostrando todos os que eu uso e adoro. Agora, a embalagem dessa da Guerlain é uma coisa de linda!

9. Batom Líquido Stay All Day cor Fiery, Stila

Eu tô viciada nesse batom! Ele é líquido, mas quando a gente passa, fica matte de tudo e sem ressecar nem um pouquinho a boca! É bem confortável e dura o-dia-inteiro, é quase inacreditável! Vou gravar um vídeo usando ele pra vocês verem :)

10. Delineador Addict It-Line, Dior

Também tô adorando usar liner colorido, com o cabelo preso e só balm (ou batom colorido quando quero ser a madonna nos 80 haha) e esse é bem lindo! Mas qualquer delineador colorido fica lindo, e é um jeito fácil de usar cor no olho sem se assustar haha! O único problema desse da Dior é que ele demora um pouquinho pra secar, então quando eu esqueço desse fato acabo carimbando a pálpebra hehehe.

Ufa, quanta coisa! E eu já tinha escrito esse post todo semana passada, e por um motivo que não sei qual é, perdi tudo e tive que recomeçar, haha! Mas espero que tenham gostado!

Bisous e boa semana, gente!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

blogloving

6 Comentários

Arquivado em Beauté, Queridinhos

Maquiagem em 3 minutos?

Posso pedir desculpas pela falta de posts? Nessa edição da Glamour que estamos fazendo (novembro!) eu estou mais doidinha do que nunca. Fiz meu primeiro editorial de beleza (uhuuuul), mas junto com a alegria de fazer meu primeiro editorial vem toda a responsabilidade e o trabalho duro que isso envolve. E não é pouca coisa, haha! Eu queria filmar pra vocês como é um dia de editorial, mas acontece que eu fico tão preocupada em ver se está tudo dando certo que não consigo, mesmo, filmar nada. Quem sabe no meu segundo editorial eu consiga, haha!

Mas depois eu conto mais disso! Queria dizer que sinto saudades do blog todos os dias e fico me sentindo mal de não ter post. Esse é o meu “safe place” e aqui eu me sinto verdadeiramente feliz e eu mesma. Obrigada por isso, por sempre serem tão maravilhosos. É justamente por me sentir tão bem aqui que eu consigo compartilhar coisas como o texto passado e não consigo falar dessas coisas com muitas das pessoas do meu convívio pessoal. Engraçado, né? Me sentir mais confortável e íntima de pessoas que eu nunca vi do que muitas das que me rodeiam…

Agora, ao tema do post, haha! Quando estava em Curitiba, gravei alguns vídeos com a minha amiga querida & maravilhosa Gigi, do Avec Gigi! Um no meu canal e um no dela, mas vou colocar ambos aqui, assim facilita ;)

Espero que vocês gostem! <3

E nos vemos daqui a pouco (dedos cruzados!),

Bisous!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

 

 

3 Comentários

Arquivado em Chez Noelle TV

Quando eu era criança…

um ano

Quando eu era bem criança, meu pai lia histórias pra mim antes de dormir. Mas em casa a gente não tinha livrinhos infantis (um ou outro, pouca coisa) e meu pai não gostava desses. Ele mesmo inventava suas histórias e escrevia em pedacinhos de rascunho, dos quais me lembro até hoje. Lembro dele juntando as folhas e grampeando a história daquela noite. Meu pai nunca me chamou de princesa, nem nunca leu uma dessas histórias pra mim. Nas histórias dele e no meu mundo de criança os protagonistas eram outros. O Saci, o Curupira, Jacarés, Duendes, seres da natureza que ele inventava nomes. Rolava até umas fadas, mas elas nunca foram as fadas fofinhas e bonitinhas que depois eu vi nos filmes da Disney. Eram seres incríveis, todos eles. Quando eu cresci mais um pouquinho, meu pai começou a me levar pro sítio e a gente entrava no meio do mato, nadava no rio com os peixinhos, brincava na gruta, todos lugares que, segundo meu pai, eram as casas daqueles personagens das histórias. Lembro até hoje de um dia eu ficar encantada com a raiz de uma árvore (dessas de centenas de anos) que mais parecia uma manjedoura, e meu pai falando “É onde os duendes vem dormir à noite, Té”.

Quando cresci mais um pouquinho, a gente não brincava mais. E meu primo (que eu amo como um irmão) começou a ajudar meu pai no sítio, na feira, e eu não fazia mais parte daquilo. Eu já era adolescente. Um dia, depois de muito tempo chateada, confrontei meu pai. Perguntei porque ele chamava meu primo pra ajudá-lo nas tarefas e não eu, a filha dele. Ele me respondeu “Mas Té, você é menina”. E eu disse “E daí?”. Depois daquele dia, meu pai começou a me chamar todo domingo, às 5 da manhã, pra ajudá-lo a carregar o carro pra fazer feira e eu passava a manhã toda com ele. Eu amava. Ele me levou pro sítio e me ensinou a apanhar laranja, a carpir a terra, a plantar tomate, mandioca e milho.

Antes daquele dia, não me lembro dele ter feito alguma menção ao fato de eu ser menina e não poder fazer algo. E no dia em que ele falou, e eu retruquei, nunca mais tocou no assunto. Entendeu que o fato de eu ser menina não mudava em nada as coisas que eu podia fazer ou queria fazer. E eu só respondi “E daí?” porque em casa nunca ninguém havia me dito o contrário. Que eu deveria guardar minhas mãozinhas delicadas em casa e não pegar na enxada. Ou que eu, como mocinha, não podia ficar suja de terra depois de um dia inteiro brincando no mato. Ou subindo em árvore. Em casa não tinha isso.

macacao

Eu só ganhei duas bonecas, na minha vida toda. E não porque meus pais fossem feministas. Eles nem sabiam o que essa palavra significava. Mas porque meus pais não achavam que eu precisava (e porque boneca é um troço caro, já repararam?) ganhar presentes pra saber que eles me amavam. E eu nunca precisei. Sempre me senti amada sem ganhar presente de Dia das Crianças, por mais que na época eu ficasse triste porque todos os amiguinhos ganhassem. Ou por não ganhar ovo de páscoa ou um presente de natal e um de aniversário (faço aniversário pertinho do natal, então… haha).

Ao invés de presentes, meus pais sentavam comigo e conversavam. Desde muito pequena, lembro da gente falando sobre tudo. Eles nunca me esconderam nada, não me pouparam de nada, inclusive das crises (financeiras e de relacionamento). Não me tratavam como diferente por eu ser criança ou ser menina. Minha mãe era minha melhor amiga. Minha mãe é minha melhor amiga. E eu sou a melhor amiga dela. Ao invés de comprarem as coisas que eu queria no supermercado, minha mãe virava um categórico “não” e se eu fizesse birra (eu sempre fazia!), ela falava “não” pela segunda vez e saia andando. Lógico que eu ia atrás segundos depois, com medo dela me deixar sozinha. Ela nunca deixou. Minha mãe nunca ficou um segundo longe de mim, mesmo morando em outra cidade. Ela é a mãe mais presente que eu podia querer. Teve um época em que eu era bem criança, antes dos meus nove anos, em que a gente vivia com um pouco mais de dinheiro. Depois, foi diferente. E eu comecei a ouvir não com muito mais frequência. E olha só, nada de ruim me aconteceu. E nunca achei que eles me amassem menos, tivessem menos carinho por mim.

mae e te em paraty

Mas a minha mãe nunca disse “não” quando eu queria conversar. Quando eu queria entender mais do mundo, mais da vida, mais sobre ser mulher. Minha mãe se tornou minha mãe bem jovenzinha, e nunca me escondeu nada. Ao invés de me dar coisas, minha mãe me deu tudo o que ela sabia e tudo o que ela acreditava. E meu pai também. Meu pai e minha mãe souberam do meu primeiro beijo, da minha primeira nota vermelha, do meu primeiro namorado, da minha primeira suspensão, da minha primeira vez, do meu primeiro rompimento, do meu segundo namorado.

Minha mãe e meu pai podem não ter me dado um milhão de presentes. As melhores escolas ou as melhores roupas. Eles podem não ter me dado escola particular, aula de natação ou de inglês. Eles podem não ter me dado festa de quinze anos ou um carro aos dezoito. Mas eles me deram algo que nunca se perdeu. Algo que está comigo todos os dias e me faz lembrar deles a todo momento. Eles me ensinaram, desde pequenininha, que eu era livre pra escolher. “Você sempre vai ter duas opções, Té. E você pode escolher qualquer uma, mas a responsabilidade dessa escolha sempre vai ser sua”. Eles nunca me proibiram de nada, nunca me disseram “não faça isso”. Nem quando eu era pequena, nem quando eu era adolescente rebelde. Eles me deram a liberdade junto com o fardo da responsabilidade. E isso é algo que eu nunca vou poder retribuir. Mais do que presentes de dia das crianças, meus pais me deram de presente as rédeas da minha vida e o poder pra eu ser quem eu quisesse ser. Me trataram como alguém que podia lidar com tudo. E abriram todas os portas pra mim. E eu fiz minhas escolhas, e eu escolhi meus caminhos. E nunca me arrependi.

Obrigada pai e mãe, por terem me dado de presente todos os dias, não só no das crianças, o melhor que vocês podiam me dar. Amo vocês.

aniversario oito anos

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

24 Comentários

Arquivado em Diarinho, Sentindo

5 looks do inverno para o verão!

Tô tão feliz de fazer esse post (tá, na real tô triste com as eleições, mas é vida que segue…)! Faz um tempo que queria movimentar mais o canal do YouTube e fazer vídeos diferentes, não só eu falando pra câmera e tal! Eu vejo vááários canais gringos e adoro quando tem uma ou outra coisa assim, então queria fazer/ver o mesmo. Foi o que me inspirou a criar esse vídeo aqui :)

Os amigos Lucas e Babi (que fizeram a Juno comigo!) embarcaram nessa minha vontade e juntos fizemos o vídeo abaixo ;)

Tipo um lookbook, um #dujour (ou cinco!) em vídeo! Espero que cês gostem!

Eu amei fazer e já estamos programando mais ;)

Aliás, repararam que essa semana subiram dois vídeos no canal? Fiz uma enquete lá no face sobre os dias preferidos pra ter vídeo e escolhi sábado e quarta. Gostam? Me digam nos comentários o que preferem! #festadademocracia

E é isso! Palpitem sobre o vídeo, deem sugestões, vou amar!

Bisous e boa semana!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

10 Comentários

Arquivado em Chez Noelle TV

25 antes dos… 25!

be-awesome

Em dezembro eu faço 25 anos. Pra alguns pode ser só um número, pra outros pode ser o começo do fim (!), pra outros, só o começo. Pra mim é especial. Eu sou dessas, sabe? Que valorizo a passagem do tempo, que não quer só ver os dias passando na janelinha, que acha que fazer 25 anos não é assustador, mas um marco. Poxa, 25 anos vivendo! 10 anos desde a festinha de 15 (que eu nunca tive, haha!), quando a gente achava que tava virando adulto. Mal sabíamos nós. Vou fazer 25 daqui dois meses e 16 dias e ainda acho que “tô virando adulta” (tá , talvez agora eu esteja de verdade)!

E aí, enquanto eu começava a matutar sobre essa coisa de apagar 25 velas, a Flavia Calina surgiu no meu caminho <3 Ela e seu lindo projeto “30 coisas para fazer antes do 30″. Pronto, nasceu em mim a vontade de fazer algo semelhante. Eu conto tudo bem explicadinho no vídeo.

Sinto que vai ser legal, que vai se especial. Principalmente se eu tiver vocês por perto ;)

E aí, quais itens vocês colocariam na lista de vocês?

Tô ansiosa pra saber o que vocês têm a dizer ;)

Bisous e até mais,

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

13 Comentários

Arquivado em Chez Noelle TV, Diarinho

Estamos ousadas

No fim da semana passada a Emma Watson fez um discurso maravilhoso sobre o feminismo, na ONU. Nele, ela falava sobre a palavra em si ser um tabu, sobre como os homens também deveriam ser feministas, sobre porque ela se ‘assumiu’ feminista e muito mais. O discurso é muito bom e muito importante, pro momento, pra vida, pra tudo.

Hoje o mesmo coletivo da internet que divulgou aquele monte de nus de atrizes há algumas semanas, o 4Chan, ameaçou vazar as fotos que eles supostamente têm da Emma. O motivo? Ela ter se assumido feminista. Não é preciso um cérebro de gênio pra saber que a Emma é feminista muito antes dela ter subido num palanque e falado com todas as letras. O problema não é esse. Pra eles. Ou pra sociedade. Ou pros machistas. Ou pros conservadores.

O problema é nós estarmos perdendo o medo. Estarmos ficando confortáveis. Estarmos deixando nossas asinhas soltas. Estarmos levantando a nossa voz.

girls

Hoje, mais do que nunca, se fala sobre feminismo. Com todas as letras. F-E-M-I-N-I-S-M-O. A luta pela igualdade entre os gêneros social, política e economicamente. Mais do que isso: hoje, mais do que nunca, nós estamos sim levantando a nossa voz, respondendo aos disparates que nos são direcionados todos os dias, todas as horas, de todos os lados e buscamos nossa liberdade enquanto mulheres. Buscamos não. EXIGIMOS. Queremos aquilo que nos foi tirado desde que nascemos: igualdade.

Estamos ficando ousadas, sabe assim? Não aceitamos mais fiu-fiu na rua. Não aceitamos que alguém nos diga o que fazer com o nosso útero. Não aceitamos piada que nos diminua. Não aceitamos que nos falem o que fazer, o que vestir e o que ser. Estamos tomando nossas decisões com nossa própria cabeça. Decidimos que “nosso lugar” é onde a gente quiser. E não estamos pedindo permissão de ninguém pra isso. Não estamos pedindo “com licença”. Não estamos falando “por favor”. Não estamos sendo submissas ou subservientes.

E eles (todos: os homens, a sociedade, o seu vizinho que tá acostumado a assobiar pra você todo santo dia, a sua cunhada que adora falar do comprimento da saia alheia…) estão assustados. Eles estão desesperados. Estão todos se sentindo acuados. Porque ao contrário do que nos foi enfiado goela abaixo todos esses anos, não somos sexo frágil COISA NENHUMA. Somos sim capazes de qualquer coisa. E estamos a caminho de conseguir. Estamos lutando pra isso. E não vamos voltar atrás.

E está claro que não vamos.

Podem nos ameaçar, gritar, espernear, chorar, xingar. Façam à vontade. Vocês só vão deixar nosso grito mais alto. E mais poderoso.

Daqui só vamos pra frente. Ninguém mais vai nos calar, ninguém mais vai nos dizer como devemos conduzir a nossa vida, nossa cabeça e nosso corpo. E se sozinhas somos fortes, juntas somos um turbilhão. Nós lutamos umas pelas outras. Nós defendemos umas as outras. Nós apoiamos umas as outras. Estamos juntas nessa. Mexeu com uma, mexeu com todas.

Se você acredita na igualdade entre os gêneros, essa luta também é sua. E seja bem vinda ao feminismo.  E pode ser bem vindo também ;)

Bisous,

we can do it

 

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

14 Comentários

Arquivado em Pensando, Sentindo

Aquisições pra casa | Chez Noelle TV

Desde que eu me mudei, estou ainda mais “a louca das compras pra casa”, se é que isso era possível haha! E juntei algumas das minhas últimas aquisições pra ~cozinha~ pra mostrar num vídeo <3

Eu adoro ver vídeos de compras de coisas pra casa, acho que é um dos meus preferidos, por isso queria muito fazer também.

Espero que vocês gostem!

Relevem a má qualidade da imagem :( Resolvi que não ia mais esperar comprar uma câmera melhor pra gravar vídeos. Por isso não está tão maravilhosa… Mas como diz minha amiga Helô, “feito é melhor que perfeito” ;)

Ah, se inscrevam no canal! É uma delícia ver o meu espacinho por lá crescendo!

Bisous e até já!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

7 Comentários

Arquivado em #chezmoi {decoração}, Chez Noelle TV

In My Life ou “a minha semana” #16

Acho que tenho motivos bastante sólidos pra crer que essa é a “seção” preferida de muita gente, haha! E aqui está ela.

Essa semana foi bem corrida e cansativa por motivos de, adivinhem, fechamento da Glamour de Outubro. Essa edição foi ainda mais corrida pra mim pois, além das minhas matérias de beleza, eu cuidei de uma reportagem bem trabalhosa, com produção de foto e SEIS personagens haha. Eu até tentei gravar vlog pra vocês verem a loucura que é uma foto assim, envolvendo tanta gente, mas meu celular tá tão maravilhoso que ele acabava a bateria a cada 10 minutos de gravação, ou seja, não rolou :(

Mas assim que eu conseguir um aparelho menos frescurento eu vou tentar gravar pra vocês verem como funciona! Quem me segue no instagram (segue lá @chez_noelle) viu que eu estava com seis vloggers MUITO queridas, MUITO especiais e MUITO talentosas e dedicadas. Algumas delas eu já conhecia pessoalmente e já amava, mas foi ainda mais legal conhecer e entrevistar outras que eu só via os vídeos e entender porque elas fazem tanto sucesso. Aliás, a chave do sucesso (em qualquer área) é bem simples: amar o seu trabalho + dedicação doida. Não tem segredo, é o que todas fazem, é o que todas as pessoas que eu admiro fazem. Mas sei lá, a galera parece querer uma resposta que não envolva trabalho duro e comprometimento e isso, sinto dizer, não existe. Você pode ser truqueiro e enganar uma galera por um tempo, mas uma hora isso acaba.

Enfim, foi uma delícia e um orgulho fazer essa matéria com elas (que são Taciele Alcolea, Niina Secrets, Flavia Calina, Maddu Magalhães, Priscila Paes e Rayza Nicácio) e eu fiquei verdadeiramente emocionada com o resultado final. Óbvio que vou instagram e postar foto aqui hahaha, aguardem Outubro!

ELash_hs1_e1

coracaoLendo… Ainda tô lendo “Alta Fidelidade” e amando cada página um pouco mais! E as listas todas que ele faz no livro? Vontade de anotar tudo e assistir/ouvir depois! Aliás, fiz post grande sobre livros aqui ó.

coracaoAssistindo… Bom, o meu reality preferido voltou e eu sou toda olhos e ouvidos pra ele: X Factor UK! É minha versão preferida de todas, eu choro nos episódios, eu torço, eu amo, eu grito, eu canto… Nossa, é muita emoção! Essa edição tá bem suculenta (hahaha), com várias pessoas que eu já quero que ganhe, certeza que vou acompanhar religiosamente! Também adoro a versão US e assisto quando começa, mas a UK tem um lugar especial no meu coração. E esse ano o Simon Cowell voltou! Tá ainda melhor :D

coracaoOuvindo… Tô numa fase completamente Iggy Azalea, já falei sobre ela aqui, e a cada escutada (?) eu amo mais uma música em particular. No momento estou viciada em Walk the Line, Work, Fuck Love, Just Askin’… Ai, todas rs. E o tanto que eu a acho linda não tá no gibi!

10655027_307348622803176_501980792_n

ó minhas entrevistadas aí! faltou a Maddu e a Pri :(

10661207_1481050515493394_774301291_n 10654869_712616598807088_380345729_n

QUANTO AMOR NESSAS FOTOS HEIN? A Taci, uma das meninas com o melhor coração que eu já tive o prazer de conhecer, a Baby V, filhota da Flavia Calina que é puro amor, e as minhas fofuras curitibanas que já não aguento de saudade: Mel e Gigi <3 Gente, eu me apego muito fácil as pessoas, é uma tristeza, porque aí quero ver o tempo todo e hm… não dá :(

10665632_865768563433516_2100678339_n 10707153_605337382910496_1626643169_n

Ganhei esse chá da Karla, que trabalha comigo, e confesso que viciei. Sou uma pessoa do time do café, mas às vezes, na loucura do fechamento, acho que o café acaba me deixando mais tensa e sem foco. Tomar um cházinho gostoso, quentinho e cheiroso (sim, tem um cheiro deliiii), acaba ajudando muito mais – além da sensação de conforto! // E no sábado eu fui ao aniversário da minha sobrinha Maria Victoria, que fez 10 anos <3 A festinha era toda do Frozen e eu pirei quando vi esse Olaf de pelúcia. Não é a coisa mais fofa que vocês já viram?

10693425_796004080422621_1002585413_n

Sexta, saindo da redação às 22h30 e correndo pra rodoviária. eu normalmente tenho conseguido fazer malas menores, mas como dessa vez eu vim pro fim de semana e vou voltar pra cá no meio da semana (e fiz a mala correndo!), eu trouxe mais coisas, e com certeza eu exagerei. Oh well, é a vida né? A mala de zebra eu herdei da minha cunhada, acho que ela comprou em algum aeroporto pelo mundo, e a mochila de pois, minha companheira de todas as horas, é da C&A! 

10683820_783595371703345_1115132024_n

E domingo eu acordei bem cedinho (no sábado eu fui completamente derrotada pelo cansaço e às 21h já estava em sono profundo, isso porque tinha combinado dois rolês com dois grupos diferentes de amigos e… furei os dois FUÉN), fiz suco verde pra minha mãe e pra mim – receita padrão minha: 1 folha de couve, um pedacinho de gengibre, 1 maçã, 1/2 cenoura, água de coco e bate tudo – e fomos correr/caminhar no parque. Eu simplesmente amo esses domingos ativos com a minha mãe, a gente aproveita pra botar toda a conversa em dia (eu odeio falar no telefone e minha mamãe sofre com isso, tadinha) e ainda ficar saudável haha! Eu costumo caminhar com ela e a cada uma volta andando, faço uma correndo. Faz um tempo que tô nessas de “ser saudável” e daqui a pouco vem post sobre o assunto. Mas não precisam ficar nervosas, não virei nenhuma #projetoblablabla da vida, tá? ;)

Bisous gente, boa chegada da Primavera pra genteeee!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

8 Comentários

Arquivado em Diarinho

Du Jour ~ Manhã de sábado

Esse é um #dujour um pouquinho diferente! Sem muita produção, na minha casinha, com cabelo semi-molhado, uma manhã de sábado bem preguiçosa com a Babi e o David em casa :)

Eu tava (tô!) obcecada com a trilha de “Guardiões da Galáxia” e com essa música do post em específico, e aí a gente usou de trilha, tem até eu dançando nas últimas fotos hihi!

Amei muito o resultado! Eu sempre amo, mas dessa vez achei que tem mais… sei lá, mais eu, uma história, alguma coisa diferente. Não sei se é coisa da minha cabeça, cês me falem o que acharam.

“Remember the day
I set you free
I told you you could always count on me, darling
From that day on
I made a vow
I’ll be there when you want me
Some way, somehow

‘Cause, baby, there
Ain’t no mountain high enough
Ain’t no valley low enough
Ain’t no river wide enough
To keep me from getting to you, baby”

Clica no player pra ouvir!

stephanienoellelaranja10

stephanienoellelaranja16

stephanienoellelaranja01

stephanienoellelaranja02

stephanienoellelaranja06

stephanienoellelaranja05

stephanienoellelaranja07

stephanienoellelaranja11

stephanienoellelaranja08

stephanienoellelaranja12

stephanienoellelaranja15

stephanienoellelaranjaprodutosprodutos que usei no dia :)

stephanienoellelaranja17

stephanienoellelaranja18

stephanienoellelaranja20

{FOTOS da Babi Carneiro}

Tricô Topshop

Shorts Riachuelo

 

E uma foto extra, puro amor <3

david-e-noelle

Espero que cês tenham gostado, é meu preferido! Bisous e até mais ;*

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

28 Comentários

Arquivado em Look du Jour

The Beauty Scenario TAG com Mel e Gigi| Chez Noelle TV

Lembram que eu fui pra Curitiba? Pois então, lá tive o prazer de conhecer de pertinho a Mel, do Blog Serendipity, e me hospedar na casa da Gigi, do Avec Gigi, essa mina firmeza que já tá no meu coração. Aliás, as duas estão <3

E enquanto eu estava lá, aproveitamos pra gravar uns vídeos juntas, eee! Fizemos três, um pra cada canal! Então vocês façam o favor (rs) de assistir ao meu e ao das duas lindas!

Espero que vocês gostem!

Canal da Mel: https://www.youtube.com/user/aseriesofserendipity

Canal da Gigi: https://www.youtube.com/user/GMichelato

Ah, e comentem quais outros vídeos vocês querem ver por aqui!

Bisous e boa semana!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

4 Comentários

Arquivado em Chez Noelle TV