24 coisas (…ou aquele sobre o aniversário)

d233a9077dae78f6f8da73646ea2d010

E é isso: hoje apago 24 velinhas (figurativamente, a festa mesmo é sábado, porque sou dessas que ainda faz festa) feliz à beça. É meio legal olhar pra trás e ficar feliz com o que aconteceu até agora, né?

Lembro que com uns 12 anos eu pensava que com 24 anos eu estaria com a minha vida feita, toda pronta, sem tirar, nem por. Óbvio que aos 12 anos eu mal sabia tudo o que ia acontecer e muito menos que ter a vida toda feita aos 24 anos é muito chato.

Legal mesmo é ter um tantão de coisa ainda por fazer, pra comemorar quando acontecer, e um tantinho de coisas pra agradecer. Por mais que eu imaginasse uma vida feita, eu imaginava aquele ideal do interior: emprego – casa – carro (eu nunca pensei que ia estar casada com essa idade, no entanto). Nada remotamente semelhante a tudo o que me aconteceu até hoje. Tirando a faculdade, que desde que eu entendo o que é faculdade eu sonhava em fazer uma pública , primeiro a UNB, porque eu queria ser diplomata, depois a USP.

Mas desde os 12 eu também tinha muito medo de chegar aos 24 sem nada conquistado, sem nada do que me orgulhar e agradecer. Um medo genuíno (muito impulsionado pela falta de autoestima que contei no post passado), que eu fui aprendendo a controlar. Não deixar o medo de falhar me impedir de tentar, certo?

270742865fb8e1f507a66af404cc684d

Acontece que os 24 chegaram. Eu não tenho casa, nem carro, nem uma vida toda pronta. Mas o medo de chegar aqui sem nada conquistado passou. Realizei sonhos, inventei novos, cometi muitos erros – e não esqueci de nenhum deles -, aprendi um bocado, me diverti loucamente, briguei, fiz as pazes, dancei em mesas, bebi, gritei, chorei, ri (muito!), amei, me machuquei, levantei, experimentei, descobri, odiei, me odiei, me amei, admirei, mudei de ideia, e mudei de novo, me surpreendi pro bem (e pro mal), quebrei a cara, fiz sofrer, sofri, arrisquei, quebrei as regras, fui pega, escapei, morri de medo, morri de êxtase, brinquei, fiz de conta, acreditei… fui feliz. Sou feliz. Estou feliz.

E essa é a minha lista que eu mostraria pra mim mesma, naqueles momentos mais tristes e tensos e escuros. Ou não, porque todos esses momentos fizeram eu ser quem eu sou. E eu não mudaria muita coisa não ;)

24 coisas incríveis que já me aconteceram:

1. Passar em Jornalismo na USP (e na Unesp e na Unicamp no mesmo ano);
2. Ter minha festa de formatura, como minha mãe sempre sonhou;
3. Trabalhar na L’Officiel com pessoas maravilhosas, que estão pra sempre no meu hall de admiração;
4. Ir pra Paris não uma, mas duas vezes!
5. Participar do Base Aliada;
6. Me tornar amiga de gente que eu sempre admirei de longe;
7. Fazer o Chez Noelle e ter leitores maravilhosos, que mudaram minha vida pra muito melhor;
8. Ir pra Glamour e conhecer um mundo totalmente novo;
9. Viajar pra Porto Rico!
10. Viajar pra Buenos Aires!
11. Amar e ser amada de verdade;
12. Ter vontade de desistir, e descobrir que na verdade, tudo vale a pena;
13. Estagiar no FFW (e cobrir um monte de SPFW e Fashion Rio);
14. O primeiro email de uma leitora que me arrancou lágrimas (e todos os outros que vieram depois);
15. Ouvir “você é inspiradora” <3
16. O dia em que eu entendi o que é ser forte;
17. Morar em São Paulo com 19 anos e sentir que eu pertenço a um lugar;
18. Ser tão feliz ao ponto de pensar que eu poderia morrer naquele momento;
19. Ouvir “você mudou a minha vida”;
20. Descobrir quem eu sou e o que eu quero fazer com a minha vida;
21. Me descobrir feminista;
22. Aprender a gostar de mim;
23. Dar orgulho pra minha mãe e pro meu pai;
24. Chegar aos 24 sem arrependimentos, mas com aprendizados. E doida pra viver o que tá por vir.

d97e5fdd73e03e0ffc2501c42405c130Bisous <3 <3 <3

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

blogloving

FacebookTwitterTumblrGoogle+FlipboardCompartilhe :)

Comentários

Comentários

Comments

  1. says

    Oi (: Parabéns, Ste! Amanhã quando acordar e meu cérebro estiver funcionando melhor (sem esse sono), te dou um feliz aniversário direito… Mas queria só dizer que você é uma pessoa à ser admirada. Você tem uma energia muito boa, daquelas que dá para enxergar de longe! Fico muito feliz de saber que te conheço e faço um pouquinho parte da sua vida, mesmo que 0,00001%, porque né, acredito que todo mundo que passa pela nossa vida fica nela de algum jeito! Espero que você conquiste ainda mais coisas bonitas e que continue com essa vitalidade linda <3 beijinhos!

  2. David Bitencourt says

    feliz 24, Té! <3 é uma delícia saber que essa lista é só o comecinho, né? muitas e muitas estórias incríveis ainda tão por vir, tenho certeza :) obrigado por ser essa pessoa tão inspiradora, tão cheia de brilho nos olhos. te amo muito, feliz aniversário! <3

  3. says

    Stephanie! Parabéns!! É muito bom acompanhar “de pertinho” uma menina “gente como a gente”, que batalha, estuda e vence pelos próprios méritos. Tenho certeza que você ainda vai conquistar muitas outras coisas. Isso é só o começo! <3

  4. Beth Rodrigues says

    Minha eterna criança, linda, inspiradora; com você aprendi tantas coisas…e quero aprender muito mais, quero te proteger quando preciso, quero te acarinhar, como um bebê, queria estar sempre a sua frente quando algo de ruim fosse te acontecer, mas sabemos que isso é quase impossível. Filha te amo muuuuito. FELIZ 24!!!!!

  5. says

    Que graça, parabéns! Seu blog é super fofo porque você é uma pessoa muito bacana no meio dessa gente ‘rei do camarote’ na esfera blogueira rsrs!!! nao sei se consegui elogiar, mas enfim , o que vale é a intenção rs!! continue com essa força de vontade que vc inspira muita gente! beijos

  6. says

    Lindinha! Você merece tudo isso e muito mais Sté. Essa essência boa que você transmite e esse brilho nos olhos que você tem, encanta e inspira qualquer pessoa. Parabéns! Esse com certeza é só o começo de coisas maravilhosas que ainda estão por vir na sua vida. Feliz aniversário <3

  7. Mary Riguetti says

    Noelle,

    Meus sinceros parabéns! Saiba que você é uma inspiração para todas nós mulheres.
    Apesar de ser uma leitora “fantasminha”, tive que comentar esse post e dizer como admiro você. Continue nos mostrando coisas lindas e textos ótimos, por favor.
    Beijocas

  8. Thalita Ferratti says

    Stephanie, quase não comento po aqui, mas como hoje é um dia todo especial, vou ter que soltar a matraca!

    Eu não sou aloka dos blogs com uma lista de preferidos. Até estou descobrindo uns magníficos agora, mas desde sempre o seu blog foi um vício. Eu não sou estilosa e phyna como você, mas me identifico TANTO com os seus gostos que preciso sempre vir conferir suas peripércias, porque você me inspira muito. (: E é engraçado que essas visitas tão frequentes ao seu blog (e seu instagram, e seu facebook… haha) eu me acostumei tanto com você que fiquei até brava umas duas vezes que você não respondeu os meus comentários e respondeu outros. Hahaha, lógico que depois eu percebi a besteira que é isso.

    Mas olha, PARABÉNS. Você é uma menina maravilhosa, inspiradora, inteligente (é TÃO difícil achar blogueiras que falam de livros bons de verdade, como você), além de ser incrível profissionalmente. Nós, leitoras babonas, estamos vendo como você está evoluindo e conquistando coisas maravilhosas tão depressa! Tudo mais do que merecido.

    Meu sonho é ler uns três posts diários seus! Hahaha! PARABÉNS, moça! Você ahaza!

    Beijos,

    Tha

  9. says

    Heey, eu tenho 16 anos e acho que tenho essa mesma ideia de quando você tinha 12, eu quero construir um mundo com meus 20 e tantos anos, mas morro de medo do fracasso, é bom saber que as vezes as coisas não são como nós queremos mas sempre vão acorrer coisas boas na nossas vidas. E nossa vc precisa exigir um “puta” de um respeito, só por ter passado em jornalismo na USP. haha!
    Mariana b. (merlucci.blogspot.com)

  10. Maria Luiza Maia says

    Pois eu volto a dizer, depois de já ter dito algumas vezes: você é inspiradora! Muito, muito mesmo.

    O que você escreve, Stephanie, me faz sentir um desejo enorme de ser sua amiga. E então hoje eu te desejo tudo o que eu desejaria pra minha amiga mais próxima: saúde, sucesso (mais ainda!), amor, paz… tudo de bom nesse mundo! E que você continue nos inspirando <3

    Ainda tô em transe com o seu texto passado. O quanto ele me ajudou eu não saberia nem dizer. Tô passando um negócio ruim, chatinho, bem parecido com o que você descreveu ali, e ler aquilo tudo me fez um bem danado. E tenho certeza que fez muito bem a muitas, muiiiitas outras leitoras daqui.

    E então é isso, o que me resta dizer é OBRIGADA. Um beijo, e aproveita muito o restinho do teu dia! ;)

  11. Jordana Müller says

    Stephanie!
    Queria fazer um pedido que, na minha opinião, seria demaissss ^^
    Por que você não faz um “bate papo presencial” (rs) com as pessoas que te seguem aqui em SP???
    Poxa, seria perfeito poder conhecer você pessoalmente…
    Pensa com carinho tá? haha

    Beijos!

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *