Mudança, vou contar pra vocês

mudanca

Eu quero falar sobre o porquê eu sumi daqui.
Eu quero falar sobre tudo o que eu aprendi.
Mas eu ainda estou pensando nisso tudo.
Por enquanto, vou contar pra vocês uma mudança das grandes que aconteceu na minha vida -e que vai ter relação direta com o blog, vocês vão notar.
Ó só:

É isso.
Muita coisa vai mudar, mas vocês vão me acompanhar em tudo isso <3
Tem muita coisa legal pra acontecer ano que vem, coisas que eu fui atrás, coisas que vieram até mim, coisas que vão me desafiar muito, coisas que vão me deixar muito muito feliz, e muita coisa pra aprender.

Ah, vou gravar um vídeo de perguntas e respostas, então se vocês quiserem mandar algumas, coloca aí nos comentários. Inclusive sobre a mudança -menos ‘por que eu saí’, porque acho que deu pra entender, né? haha :)

Que venha esse 2017 aí.

Ah, escuta essa música aqui:

Beijos e até mais!

twitter & periscope | facebook | instagram | youtube | snapchat {cheznoelle} | spotify | pinterest

FacebookTwitterTumblrGoogle+FlipboardCompartilhe :)

Na minha vida #29

projeto oraculo

Eu podia mudar o nome dessa “seção” (é uma seção? uma tag? um borogodó?) quando virasse um número redondo, mas por que esperar, não é mesmo?
Acabo de voltar de Mogi, de um fim de semana com minha família que foi bem rapidinho, mas ótimo. Eu adoro ficar um tempo com as minhas tias e as minhas primas, porque somos muito diferentes em muitas coisas, e muito iguais em outras. E é sempre aquela sensação de voltar às raízes, de estar por perto de pessoas que cresceram comigo, que me conhecem desde antes de eu aprender a falar que meu olho era “azul da cor do céu”. Aham, eu falava esse tipo de coisa quando era criança. Cês imaginam se não dava vontade de me dar uns tapas pra eu parar de ser criança-chata, né? HEHEHE

que céu mais lindo o de hoje 💛

Uma foto publicada por stephanie noelle (@chez_noelle) em

Quando volto, sempre acho diferente a relação com o tempo que as pessoas constroem por lá. É, mais do que nunca tenho pensado sobre esse assunto (falei disso nesse último post, né), e acho até que já escrevi isso alguma vez, mas eu invejo como o tempo parece passar mais devagar lá. Talvez por ter menos coisas pra fazer, ou o tempo pra você chegar da casa de uma tia pra outra seja curtinho, porque tudo é perto e não existe trânsito, ou porque a ansiedade e o FOMO (fear of missing out, aquela sensação de medo de estar perdendo coisas) sejam palavras mais abstratas do que conceitos quase que palpáveis pra gente que vive por aqui ou em qualquer cidade grande. Ou seja só uma impressão minha mesmo. Mas parece que quando vou pra lá, vou mais devagar. Dessa vez, nem computador levei. E não pirei. Na real, nem senti falta. Bom isso, né? Às vezes, pra gente se desligar de algo, nem que seja por um tempo, só é preciso fazer. E o depois é natural.   elash_hs1_e1     coracaoLendo Finalmente terminei o “Year of Yes”, da Shonda Rhimes, e foi uma das melhores leituras que já fiz. Shonda é uma mulher inacreditável de tão cheia de ensinamentos, e é real. Como eu e você, cheia de questões e dificuldades. Daí vem a parte dela ser absolutamente incrível, ter uma noite inteira dela na ABC, com “Grey’s Anatomy”, “Scandal” e “How To Get Away With Murder” e ter ganhado mil prêmios e tal. Mas mesmo assim, ela é ‘relacionável’. E aprendi tanto com ela, que nem sei. Enfim, ainda pensando se faço um vídeo ou um post sobre o livro, ou os dois. Porque merece. E aí comecei a ler “Um Teto Todo Seu”, da Virginia Woolf, mas ainda estou bem no comecinho. coracaoAssistindo Depois de “Making a Murderer” e da minha temporada doente, não deu mais tempo de ficar vendo mil coisas na TV -por mais que eu quisesse- e dei uma parada com todas as séries que estava vendo. Até… agora! House of Cards voltou, e estou vendo com o Simon (meu roomie!), mas estamos em doses homeopáticas, haha. Nada de maratona pra nós, estamos vendo um episódio por dia. A gente tem que fugir de spoilers o tempo todo, mas tá sendo bom ver assim também. Estou no quarto episódio e INSIRA AQUI EMOJI DO GRITOOO GENTE!

piscininha, Shonda Rhimes (um oferecimento @taiaduarte 💛) e minha última sexta-feira de férias ☀️ #yearofyes

Uma foto publicada por stephanie noelle (@chez_noelle) em

coracaoOuvindo Já falei do Troye Sivan aqui, e ele lançou ano passado um CD inteirinho, com 16 faixas, chamado “Blue Neighbourhood, que é muito bom, e que voltei a ouvir e descobri que amo outras músicas além de “Wild” e “Youth”, que são os singles de trabalho que ele lançou. Além dessas, sugiro “Blue” (virou minha preferida de todas), “for him.”, “Heaven”, “Lost Boy” e “Talk me Down”.

coracaoPensando sobre O tempo. Pois é, monotemática, mas tem habitado meus pensamentos boa parte dos dias, e estou tentando me reconciliar com ele e achar o equilíbrio entre ser produtiva e descansar. Porque né, não dá pra ser só uma das coisas, se não eu vou explodir.

coracaoAnsiosa para Dar um jeito no meu quarto. Falei em algum lugar (twitter, talvez?) que não aguento mais ele do jeito que está e estou doidinha pra mudar tudo. O principal é desentulhá-lo. Deixá-lo mais arejado, livre, com menos coisa, mais luz. Vai ser difícil, porque eu tenho muita coisa. Mas ando pensando demais nisso do “não precisar de coisas” e acho que vai ser realmente bom fazer essa limpa e mudar os ares -figurativamente e literalmente.

 

minha composição: 70% cafeína (e um tiquinho de água) ☕️

Uma foto publicada por stephanie noelle (@chez_noelle) em

coracaoEscrevi essa semana Vou começar a compartilhar por aqui alguns textos que eu fizer lá pro Petisco, porque vai que vocês perderam algum… Cês gostam? É um pouco (muito) egocêntrico, mas né, a gente que escreve gosta mesmo de ser lida hehe.

Sucesso e Felicidade | A Cara Delevingne fez um texto no blog da Time falando sobre como ela trabalhava demais e queria sempre a aprovação das pessoas, e como isso fez com que ela se perdesse de si própria, e eu me enxerguei muito no que ela falou, e escrevi sobre;

Pode chamar de Feminazi | A Emma Watson deu uma entrevista e falou sobre o que acha do povo chamando-a de feminazi, feminista de primeiro mundo e etc;

Irmãs Wachowski | Lilly Wachowski assumiu sua transexualidade, quatro anos depois de Lana, sua irmã, também assumir ser trans, mas foi uma coisa meio forçada. Um tablóide inglês estava ameaçando Lilly, então ela resolveu tornar público do jeito dela;

Cada vez menos | Meu post sobre querer ter menos coisas no quarto e um monte de referências que tenho olhado pra me inspirar;

Riqueza no pote | A La Mer chegou ao Brasil e eu entrevistei a VP de treinamento, que é uma fofaaaa e me ensinou muita coisa sobre cuidados com a pele;

Oportunismo sem gênero | A Zara lançou uma coleção “sem gênero” e é bem da sem-vergonha.

Então é isso, boa semana pra gente e até mais ;D

coracao

twitter & periscope | facebook | instagram | youtube | snapchat {cheznoelle} | spotify | pinterest

Uma mudança grande o/

IMG_7203-1.PNG

Falei que tinha mais novidade pra contar, né? Pois bem! Saí da Glamour e segunda-feira começo lá no Petiscos, uhuuuuul!

Quem me acompanha pelo instagram, twitter ou facebook já deve saber, mas tinha que contar aqui também, né :)

Tô muitíssimo animada com a mudança, e sinto que várias coisas legais vão acontecer esse ano ;)

Queria agradecer a todo mundo que me desejou coisas boas pra esse ano porque tá super funcionando <3

Ah, vou aproveitar o post tipo "novidades" pra contar que vocês gostaram tanto do vlog que postei que estou fazendo mais!

Então é isso!

Bisous mil e bom fim de semana pra vocês!

coracao

Pra acompanhar o Chez Noelle:

vday_tw TwitterfbFacebookvday_igInstagramytYoutube

Tudo o que você sempre quis saber sobre… BB Cream {parte II}

Semana passada falei sobre BB Cream, um tema que olha… haja dúvida haha! Como contei, as meninas do Petiscos me convidaram pra escrever sobre o tema lá, e aí resolvi trazer pra cá também. O original tá nesse link. A parte II é pra falar de aspectos mais práticos, coisa que a gente pensa na hora de escolher um BB pra chamar de nosso.

Espero que cês gostem e qualquer dúvida me mandem nos comentários ;)

como escolher
– Tom x BB Cream
Ao contrário de algumas marcas de bases, os BB existem em poucos tons. Três ou quatro, no máximo, pois eles têm aqueles pigmentos que “se ajustam” ao seu tom de pele. Isso funciona aqui porque eles são bem mais leves do que uma base. Mas alguns são muito amarelados, outros muito rosados. Então teste (esse pode ser testado na mão, eu sempre testo, mas base é no rosto!), para saber qual vai ficar melhor em você.

– Mas gente, se ele não substitui DE VERDADE todas as coisas que ele promete, por que usar?
Elementar, minhas caras: vocês realmente, toda manhã, usam hidratante, protetor solar (toda a quantidade necessária), primer, creme para os olhos, creme anti-idade para o rosto, antioxidante, creme corretor de tom e ainda passam base? Eu não, pois ou não tenho tempo, ou não lembro – ou tenho preguiça mesmo. Logo, esse tal tubinho vai dar uma mão naquilo que você provavelmente não fazia. Fica ali no meio termo, sabe? Se você não fazia tudo isso, com certeza vai ser um bom acréscimo na sua vida. Se você é sortuda e disciplinada e consegue tudo isso, todos os dias, então palmas pra você e continue assim.

– Qual BB Cream pode funcionar pra mim?
Juntei aqui as minhas experiências com as de gente que li e conversei por aí, e espero ajudar. Ah, embora os BB asiáticos sejam super famosos, tem que pesquisar bastante na hora de comprar, porque as meninas de lá tem a pele BEM diferente da nossa, seja em tons, textura e tipo, né?

pele

– PELE OLEOSA
Entre os baratinhos, o da L’Oréal – Creme Milagroso 5-em-1 FPS 20 (que nome é esse, hein? Haha) é uma boa pedida. Ele é leve, fresquinhos, tem uma cobertura ok, deixa a pele bela e aguenta a oleosidade. Se você tiver muita, passe um pozinho na zona T. Outro que muita gente fala é o da Maybelline – 8 em 1 FPS 30. Posso falar com propriedade: se sua pele é oleosa, fuja. Além dele não segurar a oleosidade, a cobertura é quase água, e no fim do dia você vai no espelho e leva um mini-susto, porque sumiu quase tudo. Um dos meus primeiros BB Creams foi o Magic Skin Beautifier da L’Oréal (não tem FPS, o contra dele). Ele é engraçado porque é branco e tem umas bolinhas (tipo uma areiazinha), mas quando você passa ele fica da sua cor (tem três tons, se não me engano). E ele é excelente para peles oleosas também, disfarça os poros e é super leve. Tanto que um dos meninos que trabalha comigo comprou pra ele numa viagem, porque além do fator pele oleosa, ele não quer que fique evidente que ele está usando maquiagem, né?

Outro que funciona é o BB Cream da MAC, com FPS 35, tanto a versão em tubo quanto a versão compacta. É um dos que deixa a pele mais linda, na minha opinião, não é opaco-cadê-vida-desse-rosto, mas aguenta a oleosidade. Mais alguns que funcionam bem na pele oleosa: Dermage com FPS 35 (pena que é caro), que deixa a pele bem sequinha mesmo – se sua pele é meio seca, fuja também. O Smashbox Camera Ready FPS 35, com alta cobertura (não vende aqui), o BB Cream da Garnier com FPS 20 especial para peles oleosas (o anterior super não funciona nas oleosas hein, cuidado na hora de ver na embalagem), mas tem bastante álcool na fórmula. Então se sua pele é sensível, cuidado.

Outro que li bastante sobre ser bom para as oleosas é o novo da Urban Decay, o NakedSkin FPS 20. O Age Defense FPS 30, da Clinique, também é legal para quem tem pele oleosa e pele sensível! Ah, e uma cobertura bem boa, peles com imperfeições vão curtir. Falar dos asiáticos seria necessário muito mais conhecimento de causa e pesquisa, então só vou falar do que eu tenho, o Perfect Cover da Missha, com FPS 42. Gosto muito dele, mas tem um leve fundo acinzentado, então cuidado! Não deixa a pele nada oleosa, mas o acabamento é bem iluminado – o que é lindo, na minha opinião – e a cobertura é uma das melhores.

– PELE SECA
Um dos melhores – foi eleito até pela Allure e quando comecei a tomar Roacutan entrou no meu hall de eleitos – é o DayWear Anti-Oxidant da Estée Lauder, com FPS 35. Não vende aqui, é uma pena, mas tem uma cobertura lindíssima, pele de rica, e fica intacto o dia todo. E posso falar? Mesmo se sua pele é oleosa, teste ele, se você tiver a chance. Ele hidrata, mas não deixa nem um pouquinho oleosa, e sério, o acabamento é lindo. E o normal da Garnier (sem ser para peles mistas a oleosas), também funciona hiper bem, e o 8-em-1 da Maybelline, se você não precisar de muita cobertura! Adendo que não saiu na matéria no Petiscos porque eu não conhecia ainda: o BB Cream Nude da Dior é bem bom para peles secas ;)

– PELE COM ACNE
Tem que escolher uma fórmula leve, se não a chance de entupir os poros e acabar te trazendo mais chatice. Além dos que citei nos de pele oleosa, que tem a fórmula leve, tem alguns importados que você pode trazer de viagem: o Dr. Jart+ Water Fuse FPS 25 e o Boscia BB Cream FPS 27.

– PELE COM MANCHAS
BB Cream Bobbi Brown FPS 35, que tem uma cobertura excelente, Dior HydraLife FPS 30, também com cobertura quase completa, e o Stay All Day 10-in-1 FPS 30, da Stila. O da Clinique, que citei ali em cima, também arrasa no quesito cobertura. Há muita oferta no mercado, no Brasil eles estão chegando ao pouco, de deixar qualquer um louco. Mas depois que você achar o seu, fique com ele, não precisa se deixar seduzir por cada novidade que diga ser o mais novo milagre (alô CC Creams haha).

Espero ter ajudado, e qualquer dúvida, me falem!

Bisous e até mais :)

Tudo o que você sempre quis saber sobre… BB Cream {parte I}

BB Cream: Eis um assunto espinhoso, haha. Sempre alguma leitora me pede pra falar sobre bb cream, sempre tem gente que nunca ouviu falar, sempre tem gente confusa. E eu AMO bb creams, assumidamente.

Amo tanto que as meninas do Petiscos me convidaram pra escrever um texto sobre o assunto lá pra elas. Eu amei, óbvio hahaha. Foi publicado dia 21 de maio, e vocês podem ver o texto original nesse link aqui.

Mas achei de bom tom botar aqui também né, para quem não viu no Petiscos ou para quem fizer uma busca aqui dentro do blog poder achar. A gente dividiu em dois posts, então vou colocar dividido também, pra não ficar enfadonho e aqueles textos gigas que cês não aguentam ler. E, claro, qualquer dúvida, mandem aí nos comentários, que a casa é de vocês ;)

dossie-bb-cream

Assim como os primers foram há algum tempo, os BB Creams são o grande bafafá no mundo da beleza. Ok, já se fala em CC Cream, mas vamos dar tempo ao tempo e começar pelo que está aqui, agora. Afinal, o que é um BB Cream? Um hidratante? Um primer? Mais um produto com nome intrigante para você gastar dinheiro? Na verdade, o BB Cream é uma mistura de várias coisas. O próprio nome pode significar Beauty Balm ou Blemish Balm. Ele pode ser um hidratante com cor que protege, um primer com antioxidantes, uma semi-base que ainda dá um jeito nas suas rugas.

E é bem essa a graça dessa nova categoria, que acredito piamente, veio pra arranjar um lugarzinho cativo em nossos já concorridos nécessaires. Eu sou uma viciada completa em BB Creams. Tenho, contando por cima, cerca de dez. Quem precisa desse tanto? Ninguém. Mas não me julgue, é tudo pela pesquisa jornalística. Alguns são bons, alguns nem tanto, e outros são ótimos. O fator principal que me fez cair de amores é que em um pequeno tubo há várias coisas que facilitam a rotina de beauté. Eu não tenho muito tempo pra me arrumar, e acho que vocês também não. Logo, um produto que facilite minha vida chama atenção de cara. Mas assim como há coisas legais, há um milhão de dúvidas a respeito dos BB Creams. Aqui, vou tentar responder aqueles que eu já solucionei:

– Como escolher meu BB? Esqueça o “BB da moda”, que tá todo mundo falando. O que funciona pra uma pessoa pode não funcionar pra você, e mídia é mídia né? Fica aquele conversê em torno de um produto que às vezes nem é tudo aquilo. Leia o que o BB cream tem pra oferecer e busque opiniões de gente com a pele parecida com a sua :)

– BB Creams e as peles oleosas Eu tenho pele oleosa e amo esses produtos. O importante é achar um que seja leve – caso contrário ele vai entupir tudo e deixar sua vida pior – e, de preferência, específico para peles oleosas. Mas vou contar um truque: quando minha pele estava muito, muito oleosa, eu achava que o que eu estava usando ainda não dava conta. Chegava no fim do dia e minha pele tava um tanto quanto grudenta. A solução foi passar um primer antes (eu usava o PoreFessional da Benefit, que deixa bem sequinha), e depois o BB. Pele linda e sem oleosidade pelo dia todo. Ah, e o pó? Evite no rosto todo e aplique um pouquinho só na Zona T.

– BB Cream e os hidratantes Precisa passar hidratante e BB Cream? Se sua pele é bem seca, é uma ótima ideia. Embora muitos deles tenham ingredientes hidratantes, há outros ingredientes ali no meio que podem ressecar a pele. Logo, se você sente que o seu não hidrata tanto, não faz mal nenhum usar um hidratante levinho antes. Eu sinto que a pele fica até mais bonita, sabe?

bb-cream{imagem também publicada no Petiscos}

– BB Cream e protetor solar Qualquer dermatologista vai falar: sim, você ainda precisa. Isso porque pra você ter a proteção “completa” que o produto fala, você teria que passar muito produto. Assim como o próprio protetor solar (2 colheres de chá para o rosto todo para conseguir o FPS que está na embalagem). Mas né, queremos facilitar sua vida, não complicar. Portanto, se seu BB Cream oferece uma proteção legal, tipo 25 ou 30, ou até mais, e você passa o dia todo fechada no escritório, tudo bem. Se você faz trabalho de campo, visita obras, ou passeia muito sob o sol, passe um protetor solar antes do BB Cream.

– BB Cream e base Eu vejo muita gente perguntando se o BB é pra ser usado antes da base. Vou falar na real o que eu acho: BB + base= pele reboco. É sério, amigas. O BB já tem uma cobertura quase sempre muito boa. Se você precisa de mais cobertura, talvez a melhor opção seja passar mais uma camada de BB ou usar base. E só a base. Eu já fiz esse teste, do BB e base, e ficou realmente pesado. E ninguém quer rosto de massa corrida, certo?

– BB Cream e todos aqueles ingredientes com nomes complexos que prometem cuidar da pele A ideia aqui não é todo um tratamento complexo anti-aging que vai mudar sua vida. Até porque isso geralmente – quando funciona – custa muito caro. Se você tá pelos 20 e poucos anos, e não usa nada (o que é ideal, antiidade só com +25), esses ingredientes vão cuidar muito bem de você e fazer muito mais pela sua pele do que um hidratante com cor. Se você já precisa de mais cuidados, tem manchas ou é mais experiente na vida, mantenha seus produtinhos sensas tipo ácidos e tudo mais à noite e o BB Cream de dia.

Mas o post não acaba por aqui. Aguardem a listinha de BBs para cada tipo de pele e a explicação sobre os tons. Pois antes de sair por aí comprando todos, o melhor é saber primeiro para que serve.

ps: pra quem é de São Paulo, não esqueçam que hoje tem ato na Paulista, às 17h! Deve ter em outros lugares também, mas não tô por dentro. A passagem baixou aqui em São Paulo _uhul_, mas ainda tem muita coisa pra fazer. Aqui e no resto do país, não podemos esquecer, nem deixar o samba o movimento morrer. O blog volta à programação normal, mas uma vez ou outra a gente pode voltar a falar do assunto ;) E vamos que vamos!

ps2: o resultado do concurso cultural de dia dos namorados saiu ontem!